Ex-Traficante do Comando Vermelho vai animar a I Festa do Rei Jesus em Teixeira de Freitas

A Fraternidade Missionária O Caminho realizará a I Festa do Rei Jesus em homenagem à Solenidade do Cristo...

10 de outubro de 2017 / Atualizado em 10 de outubro de 2017

A Fraternidade Missionária O Caminho realizará a I Festa do Rei Jesus em homenagem à Solenidade do Cristo Rei ao mesmo tempo em que encerra seus festejos comemorativos pelos aniversário de 10 anos da sua missão na cidade de Teixeira de Freitas.

Além do cantor e pregador missionário Cosme, que tem uma missão conhecida nacionalmente, o evento também contará com a participação do Ministério Amigos Pela Fé.
Garanta já a sua pulseira antecipada, por apenas 15,00 (quinze reais) e participe dessa grande festa conosco!
Será na quadra do Clube Jacarandá , às 20 horas do dia 04 de novembro.

Pontos de vendas:

Livraria Católica
Casa das Irmãs (Rua da Lapa, 203 – Vila Vargas)
Ou com Kely (73)99919-6987

Um pouco do cantor Cosme
Nascido no dia 20 de Agosto de 1960. De família muito pobre. Seu pai alcoólatra e sua mãe emigrante do interior de Rio de Janeiro para a capital. De uma família de 12 irmãos ele é o 7º. A fome era amiga fiel da família e, além disso, sofria com os maus tratos do pai com sua mãe e com seus irmãos.
Tentando esquecer a realidade cruel em casa e a fome, Cosme se inicia nas drogas. Ao principio só maconha, mais tarde também cocaína. Para pagar o vicio vira traficante e é chamado de “Caveirinha”. Dirige o trafico nas favelas de Parada de Lucas, Vigário geral e Divinéia. Ajudou a formar o conhecido grupo “Comando Vermelho” e assim participou de assassinatos, tiroteios, furtos e abusos sexuais.
Com 19 anos aconteceu um fato que marcou a vida de nosso irmão: fugindo da policia se jogou num esgoto e seus colegas o deixaram para trás. Lá passou sete horas e quase morreu afogado em água fétida, se viu então no “fundo do poço”. Mais tarde ficou sem lar devido a um deslizamento de terra. Sua mãe salvou a todos seus irmãos, mas ficaram na rua. Uma paróquia carioca acolheu e os ajudou.
A mãe, abandonada pelo marido, tinha que dar de comer aos seus doze filhos. A saída: a prostituição. Trabalhava num local chamado “Pisa na barata”. Aos 20 anos, Cosme participa num encontro na paróquia e 1980 busca uma mudança de vida. Mesmo depois de sua mudança, foi preso e condenado a oito anos pelos crimes que havia cometido. Por bom comportamento saiu com quatro anos e três meses. Sua missão após este momento era uma: servir a Deus.
O primeira missão foi tirar a mãe da prostituição e conseguiu. Hoje é funcionário público, casado com Claudia e tem dois filhos: Filipe e Mariana. Gravou três Cd´s e este ano e por todo o país leva um testemunho de que é possível vencer as drogas. Cosme usa o que ganha com a realização de shows em um projeto chamado “Restaurando Vidas” em favelas do Rio de Janeiro, ajudando pessoas envolvidas com drogas a se recuperarem.


COMENTÁRIOS

Para comentar esta notícia é necessário preencher os dados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Novo Comentários N3